segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Pior que tá? Fica sim!


"Vote no Tiririca! Pior do que tá, num fica!" - slogan da campanha do candidato
"'De 10 vocábulos que escreveu, Tiririca errou nove', diz promotor" - Site da Revista Época

Tentei me abster de comentários sobre a eleição do Tiririca, já que me considero anarquista e não sou a favor do governo. Ideologias à parte, entretanto, venho aqui falar não exatamente sobre a eleição em si, mas sobre a precariedade do ensino no país. Sim, é um absurdo uma pessoa disputar um cargo público sem saber ler ou escrever. O erro, no entanto, não é do humorista, mas do sistema precário e falido de ensino. 

Os jovens que frequentam as escolas aprendem a decorar palavras, fórmulas e a fazer contas. Entretanto, não aprendem a pensar: são analfabetos mais que funcionais, são pessoas que não pensam por si só, mas que engolem aquilo que lhes impõem. Esse fato é tão comum no país que não é só visto em lugares carentes. Há uma cultura do não-pensar, do absorver notícias por osmose, do enxergar somente aquilo que é dito. Sei que esse não é um fato isolado no mundo, que ocorre em diversas outras sociedades, mas penso que por aqui a coisa é mais generalizada. As pessoas se contentam em saber o necessário, a ficar no supérfluo, na superfície.

A candidatura de um pobre humorista que veio de uma triste realidade é somente a ponta do iceberg. Sinceramente, não o culpo. Ele é apenas mais uma vítima de um sistema que não ensina novos valores, mas que corrompe os cidadãos, impedindo-os de analisar criticamente, de repensar suas próprias existências ou do mundo que os cerca. Claro que existe o fator acomodação, já que existem indivíduos que, mesmo dentro desse mundo, conseguem sair da bolha em que estão inseridos para tentar mudar. Mas são tão poucos! É preciso tentar alterar isso...já não estamos mais em tempo de olhar o mundo sem participar dele. Diversos pensadores e filósofos vêm nos alertando há diversos séculos sobre a necessidade de mudanças. Até quando veremos palhaços mandando em nós?

4 comentários:

  1. A incoerência está no próprio sistema: como assim, o analfabeto pode votar e não pode se eleger?
    Tem que haver uma mudança. Não se pode só querer ganhar votos.
    Realidade suja...T_T

    ResponderExcluir
  2. Certo, mas como o sistema ficou assim? Quem o deixou assim? Qual a nossa culpa nele? E o que fazemos para mudá-lo?

    ResponderExcluir
  3. A incoerência está no próprio sistema: como assim, o analfabeto pode votar e não pode se eleger? (2)

    CAra, acho que a eleição dele foi um protesto e poderia ser comemorada, senão fosse o sistema eleitoral falido para deputados. O problema não é ele estar asusmindo um cargo púiblico e sim as pessoas que estão se elegendo com os votos dele.

    ResponderExcluir
  4. Culpar o sistema de ensino é clamar por mais regulação governamental. Seres humanos educam seres humanos. Quer ser educada pelo governo, a saída é Cuba, onde 50% dos jovens são universitários mas não podem entrar na internet porque o demônio da liberdade está lá.

    Pensando em linhas gerais, a eleição do Tiririca nada tem de absurdo - tornou-se absurdo apenas por dizer o que todo mundo pensa também. Por mim, que se fodam. Que vão todos fazer concurso público pro TRE longe de mim.

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails