quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Do Aborto


"Quem aqui não teve uma namoradinha que teve que abortar?" - Sérgio Cabral, Governador do Estado do Rio de Janeiro, em evento para empresários


A pergunta do governador reflete a questão que vem sendo mal abordada durante muito tempo na sociedade: o aborto. Antes que me perguntem, afirmo: sou contra. Sei as consequências espirituais desse ato, sei o quanto o perispírito fica marcado devido a esse ato, sei o quanto aqueles que querem reencarnar ficam ao serem vítimas desse crime. Sim, nesse sentido recorro à minha religião, e talvez muitos sejam contra. Mas se é algo que eu acredito, por que negar e não recorrer à crença?

As pessoas, de uma maneira geral, são completamente irresponsáveis e não medem as consequências de seus atos. Ora, existem inúmeros métodos contraceptivos. Existem diversos programas de conscientização, propagandas sobre camisinha, entre outros. A pílula do dia seguinte e o anticoncepcional estão aí e existem em diversos valores, qualquer pessoa tem acesso a eles. Entretanto, num momento de prazer, a menina esquece de se proteger e acaba engravidando. A culpa disso é de quem? Da criança? A criança não se faz sozinha. E o cara, por que não usou camisinha ou cobrou que a menina se cuidasse?

Em caso de estupro, ainda que não seja culpa da mulher, ainda assim sou contra o assassinato de uma criança que nada tem a ver com aquele ato. Não quer viver com o fruto de um crime? Dê a criança para adoção...existem tantas mulheres que gostariam de ter um filho e não conseguem! É ruim dar pra adoção? É. Mas é melhor do que matar. E não é porque a criança não saiu da barriga que ela não existe. Ela é um ser vivo, que iria crescer e se tornar um ser humano.

Não julgo quem faça aborto, cada cabeça é uma sentença. Esse post serve somente para alertar as pessoas do que pode acontecer, e que as dívidas espirituais acontecem assim. Sei que existem diversos fatores que podem levar alguém a cometer um aborto, mas considere muito e saiba que serão pedidas contas de seus atos. Pense bem nisso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails