quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Balanço de 2010


Se eu fosse dar uma nota para 2010, acho que daria a nota 7. De uma maneira geral, foi um ano médio, no qual ocorreram coisas muito boas para mim: minha formatura, novas possibilidades na minha área, mudanças, novas amizades, o Botafogo ter vencido o Campeonato Carioca. Posso dizer que 2010 fechou um ciclo e que provou que ainda há muito pela frente.

Ao mesmo tempo que 2010 foi um ano tranquilo, ocorreram algumas tragédias. Não podemos nos esquecer dos temporais que deixaram milhares de desabrigados em várias cidades, da onda de violência em todo o Rio de Janeiro (que felizmente culminou com a ocupação da Vila da Penha pelo BOPE), dos terríveis terremotos no Haiti e no Chile, entre outras problemáticas que assolaram o planeta. Apesar de ainda ocorrer esse tipo de situação, o lado bom foi a prova de que o ser humano é solidário e é capaz de estender a mão a quem precisa. Entretanto, é preciso perceber que a ajuda não deve ocorrer só nos momentos de catástrofe, ela deve ser contínua, diária, numa comunhão de pensamentos e ideias.

2011 vem aí com a missão de iniciar novos tempos, de mostrar o recomeço para muita gente: novos caminhos, novas conquistas. Vem para que todos percebam que o amanhã é possível, que nada para, que a vida é uma sucessão de momentos e vivências. Assim, termino esse post dando boas vindas ao ano que se inicia, esperando que ele seja cheio de paz e luz para todos.

Um comentário:

  1. "Quando se anda em círculos, nunca se é bastante rápido." (Humberto Gessinger)

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails