segunda-feira, 23 de maio de 2011

Das palavras

Este texto não tem por objetivo fazer nenhum sentido. Só quero tirar um peso que tá me corroendo o peito, que está me consumindo os sentidos. Não entendo porquê a maldita e hipócrita sociedade nos impõe valores que ela mesma não traz em si. Critica aqueles que trazem atavismos e preconceitos, mas é ela a primeira a julgar e apontar o dedo para o próximo. Assim, faz com que aqueles que carregam seus defeitos se sintam extremamente culpados de sentir aquilo que lhes é próprio do ser humano.

Sim, sou imperfeita. Sim, tenho minhas qualidades e defeitos. Odeio quando vêm me dizer que estou errada, porque penso que as pessoas não têm o direito de apontar em nós aquilo que desprezam em si mesmas...e sim, antes de falarem do outro, olhem pra dentro de si.

Guardo lágrimas reprimidas porque o mundo considera fraco aquele que chora, eu mesma acabo pensando assim. Eu mesma fui reprimida por derramar gotas salgadas, que saltaram dos olhos, sem pedir licença. Só gostaria de poder ser eu e não mais depender de nada. Só queria não precisar temer dar opiniões, não mais guardar e prender dentro da minh'alma tudo aquilo que carrego. Mas não! Não me escutam...e ainda julgam-me louca por não ser como a maioria. Talvez eu o seja. Talvez esse mundo não seja o lugar que me foi prometido...

2 comentários:

  1. Sério que essa é a tua saída? Para te livrares da tua culpa tu a colocas em uma suposta imposição da sociedade? Ora, não és uma criança; assuma as tuas posições sem choramingos, moçolha.

    ResponderExcluir
  2. Essa é a vida que temos para ser vivida, essa é a sociedade com a qual temos que viver...
    O que importa o que fulano ou beltrano vai achar do que penso ou faço, se estou plenamente em paz com minha consciência?
    É a consciência com quem tenho que me preocupar, pois ela é a "representante" de Deus em mim.
    Querem rir de mim? Querem me criticar? Falam mal de mim? Azar de quem o faz!!! Só estão perdendo seu tempo e sua energia. Não pagam minhas contas, não me sustentam, não moram comigo... Então, q-u-e--s-e--d-a-n-e-m!!!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails