segunda-feira, 21 de março de 2011

Tsuru


De acordo com a tradição japonesa, o Tsuru é um origami especial. Se você fizer mil, pode realizar um desejo. Eu aprendi a fazer essa dobradura quando era criança e, sempre que tenho um papel em mãos, crio um. Não sei quantos já fiz ao longo dessa vida, mas creio já ter feito algumas centenas. Será que, chegando ao milésimo, eu conseguiria realizar meu desejo? E quanto será que falta pra eu conseguir? Porque esse desejo eu gostaria muito de realizar, como há tempos não queria com tanta intensidade alguma coisa.

Entretanto, os meros desejos não são capazes de modificar os destinos. Aquilo que já veio pré-fabricado, aquilo que gostaríamos que fosse diferente, mas que nossos amigos teimam em dizer que aconteceu como tinha que acontecer. Não discordo disso, mas não deixa de doer. Eu gostaria de poder dizer aquilo que está gritando dentro de mim e que isso fizesse toda a diferença do mundo, que tudo mudasse, que tudo fosse da maneira que eu gostaria que fosse. Infelizmente, as coisas não estão ao nosso controle.

A vida não é exata como uma dobradura, ela é bem mais maleável do que uma folha de papel. A vida é cheia de truques e segredos, arestas que estamos longe de entender e de poder, por nossa mera vontade, modificar. A vida está longe de ter começo, meio e fim tão precisos quanto os de um origami...

2 comentários:

  1. Vivo me doendo por idealizar demais. Por querer que as coisas sejam mais exatas assim como as dobraduras desse origami.

    ResponderExcluir
  2. Acho linda essa lenda contada para os pássaros de papel.
    E pode ter certeza que ainda existem muitas meninas a fazer tais pássaros e a semear boas novas cheias de belos sonhos por aí...
    Eu sempre acredito no melhor.
    Seu espaço é lindo!!!
    Abraços

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails