terça-feira, 8 de março de 2011

Do Dia Internacional da Mulher

Hoje é comemorado o Dia Internacional da Mulher. A data foi escolhida por marcar o dia em que mais de 100 operárias foram queimadas por reivindicarem por salários mais dignos, em 1857, em Nova York. Mais de um século se passou e ainda se percebem distinções entre os sexos feminino e masculino. Todos os dias são relatadas violência contra a mulher, Segundo o IBAM, "A cada 4 minutos, uma mulher é agredida em seu próprio lar por uma pessoa com quem mantém relação de afeto". (fonte: http://www.ibam.org.br/viomulher/bibliore.htm)

Esse é um problema grave que ainda assola a humanidade. Em algumas tribos africanas, as mulheres são mutiladas para que não sintam prazer sexual. Em determinados lugares, as mulheres ainda são forçadas a terem a iniciação sexual com os próprios pais. É preciso lutar muito para que o ser feminino conquiste sua própria independência. O salário dos homens ainda é superior ao das mulheres; o homem tem prioridade na hora de conseguir empregos.

Em contrapartida, as mulheres estão buscando melhorar nos diversos aspectos sociais. Você, mulher que me lê, diga não ao machismo vigente. Precisamos lutar por uma sociedade igualitária, em que os direitos sejam conquistados. Claro que existem diferenças e que elas precisam ser respeitadas, mas é preciso provar que a sociedade nada seria sem o ser feminino, tão prejudicado durante toda a história da humanidade, desde a Eva, passando pelo maleos maleficarum, Joana D'Arc e, por fim, as injustiçadas de 1857, que morreram por tentarem mudar o mundo.

Um comentário:

  1. Sim, vamos lutar contra o machismo!
    E a primeira coisa a fazer é tirar o machismo de dentro de nós mesmas.
    Sim, é isso mesmo. Somos machistas. Não concorda comigo?
    Então, vejamos...
    Você ensina seu filho a arrumar seu próprio prato de comida? Você ensina seu filho a lavar suas cuecas? Você ensina seu filho a lavar o copo onde bebe água? Você ensina seu filho a arrumar a própria cama? Você se desloca para pegar o copo d'água para seu filho? Você ensina seu filho, quando ainda é bem pequeno, a supervalorizar seus órgãos sexuais? Você incentiva seu filho a "ter uma namorada", desde muito criança?
    E sua filha? É tratada do mesmo jeito?
    A maioria das mulheres/mães nem pensam nesses questionamentos, pois estão tão acostumadas com eles, que não analisam que isso não passa de machismo puro.
    Vamos começar a luta contra o machismo dentro de nós!

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails